Produtos

Frutíferas

Annona hypoglauca / biribá-prata

Clique na imagem
para ampliar

Frutos alongados (10 cm de comprimento por 5-6 cm de largura), com casca formada por carpelos muricados (pontiagudos), contendo polpa cremosa e doce, muito saborosa. Inicialmente são esbranquiçados (daí seu nome popular), passando a amarelos na maturação. As brotações foliares e ramos jovens são velutino-tomentosos, de coloração prateada a acobreada. Folhas relativamente grandes e discolores, com a face inferior branco-prateada. A árvore é pequena (2-3 m em cultivo), crescendo por vezes como semitrepadeira (caso o solo seja muito úmido).

Usos: Os frutos são doces e saborosos, muito apreciados localmente. O chá feito com a casca da árvore é medicinal, e estudos científicos recentes revelaram sua efetividade no combate a vários tipos de câncer. Na Amazônia, os frutos flutuantes são avidamente consumidos por peixes como o tambaqui (Colossoma macropomum), o matrinxã (Brycon sp.) e a sardinha-papuda (Triportheus sp.).

Cultivo: Pode ser cultivada a pleno sol ou meia sombra, em solo drenado ou mesmo sujeito a alagamentos periódicos. Vai bem desde o nível do mar até a região subandina, o que sugere certa tolerância a temperaturas mais baixas. Adubar e irrigar regularmente. Floresce em novembro.

Origem: Região Amazônica no Brasil, Equador, Peru e Bolívia, nas florestas de igapó e de várzea.

Família: Annonaceae.

Observações: Uma das melhores Annonas para cultivo em climas úmidos.

e-jardim © 2008 - Web Designer Guilherme Faria