Produtos

Frutíferas

Campomanesia guazumifolia / sete-capotes

Clique na imagem
para ampliar

Frutos esféricos, de aproximadamente 2,5 cm de diâmetro, de superfície aveludada, verde-amarelada na maturação e de agradável sabor agridoce. A árvore mede de 3-6 m, e é facilmente reconhecível por suas folhas buladas, isto é, marcadas profundamente com depressões parecidas com bolhas.

Usos: O fruto é consumido principalmente ao natural. Se for utilizado para o preparo de sucos ou sorvetes, deve-se ter o cuidado de separar a polpa das sementes. As últimas, se partidas no liquidificador deixam um gosto resinoso. A árvore é muito bonita, especialmente pela beleza da folhagem.

Cultivo: Solos bem drenados, ricos em matéria orgânica e bem adubados. Climas subtropicais com boa adaptabilidade a tropicais. Cultivar a sol pleno em climas amenos, e meia-sombra em zonas mais quentes. Frutifica em 3 a 4 anos.

Origem: Argentina, Paraguai e Brasil (na bacia do Alto Rio Uruguai, na Floresta de Araucária e no Planalto Catarinense).

Família: Myrtaceae.

Observações: Além de ser uma fruta saborosa, o sete-capotes é a espécie de guabiroba (Campomanesia) com as folhas mais bonitas.

e-jardim © 2008 - Web Designer Guilherme Faria